O QUE É UM COOPERATIVA

Uma Cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se une voluntariamente para satisfazer aspirações e necessidades econômicas e sociais comuns, por meio de uma empresa de propriedade coletiva, administrada democraticamente pelos seus próprios donos, os cooperados. Também pode ser compreendida como um empreendimento de propriedade coletiva, sob o controle dos seus sócios, realizando a intermediação dos interesses dos donos do empreendimento com o mercado, dividindo os resultados de maneira proporcional às operações com que cada um realizou com a sua Cooperativa.

 

Em síntese, é a extensão da atividade econômica individual de cada associado com o universo mercadológico. Ainda, segundo o conceito da AIC – Aliança Internacional do Cooperativismo, a Cooperativa é toda associação de pessoas que tenham por fim a melhoria econômica e social de seus membros, através da exploração de uma empresa sobre a base de ajuda mútua e que observe os princípios cooperativistas. Portanto, a Cooperativa é uma sociedade de pessoas que se caracteriza pela:

 

• Variabilidade e limitação de capital social;

• Intransferibilidade das cotas de capital a terceiros;

• Neutralidade política, religiosa, racial e social;

• Distribuição dos resultados proporcional às suas atividades;

• Tríplice qualidade do cooperado: sócio, fornecedor e dono;

• Ausência de fins lucrativos;

• Prestação de serviços aos associados.

• Gestão democrática;

• Adesão voluntária e livre;

• Singularidade de voto;

 

Caracteristicas das Cooperativas:

 

As cooperativas se distinguem das demais sociedades pelas seguintes características:

 

  1. Número ilimitado de associados;

  2. Variabilidade do capital social, representado por quotas-partes;

  3. Limitação do número de quotas-partes do capital social para cada associado (facultado o critério da proporcionalidade);

  4. Impossibilidade de cessão de quotas-partes do capital social a terceiros, estranhos à sociedade;

  5. Singularidade de voto;

  6. Quorum para realização da assembléia geral;

  7. Retorno das sobras líquidas do exercício, proporcionalmente às operações realizadas pelo associado;

 

Autogestão:

 

Autogestão é um processo que consiste na autonomia da coletividade dos membros da empresa de decidir sobre os destinos, os processos e os resultados do trabalho, pelo qual os próprios cooperados, líderes e dirigentes alcançam o pleno controle e assumem a total responsabilidade pela gestão da cooperativa, sem a necessidade da interferência externa em seu funcionamento.

Principais difenças entre Cooperativa e Empresa Mercantil:

COOPERATIVA
EMPRESA MERCANTIL
  • Sociedade Cooperativa

 

  • Sociedade de pessoas

 

  • Gerar condições de produção e trabalho aos cooperados

 

  • Deliberações: 1 voto por cooperado

 

  • Participação democrática

 

  • Quorum nas assembleias: com base no número de cooperados

 

  • Retorno proporcional das operações realizadas pelo cooperado

 

  • Número ilimitado de sócios

 

  • As quotas-partes são intransferíveis a não-cooperados

 

  • O objetivo social é exercido pelos cooperados

 

  • Relação trabalhista entre cooperativa e seus empregado

 

  • Relação civil entre cooperativa e cooperados

 

  • Não sujeita-se à falência

 

  • A sociedade não possui fins lucrativo

  • Sociedade Mercantil

 

  • Sociedade de capital

 

  • Gerar lucro aos acionistas/cotistas

 

  • Voto proporcional ao número de ações/cotas

 

  • O sócio majoritário é quem decide

 

  • Quorum com base no capital social

 

  • Dividendos proporcionais à participação no capital

 

  • Número limitado de cotistas

 

  • As cotas podem ser transferidas aos sócios ou terceiros

 

  • Em regra, o trabalho é executado pelos empregados

 

  • Relação trabalhista entre empresa e empregados

 

  • Relação civil entre empresa e sócio/acionista

 

  • Sujeita-se à falência

 

  • Possui fins lucrativos