top of page

Gestão de tempo: 7 dicas para ser mais produtivo em 2024




Em 2024, haverá 8.784 horas –  24 horas a mais do que de costume. Ter mais tempo, no entanto, não significa nada se ele não for gasto com sabedoria. 


Pensando nisso, o jornalista Jonathan Small conversou com Laura Vanderkam, guru da produtividade, podcaster e autora de vários livros best-sellers sobre o assunto, e, em artigo escrito para a Entrepreneur, listou sete dicas dadas pela especialista para aqueles que desejam aproveitar seus dias ao máximo.


1. Monitore seu tempo

“Quando as pessoas dizem que querem gastar melhor o seu tempo, a primeira coisa que sempre digo é para descobrirem para onde está indo o tempo agora”, diz Vanderkam. “Se você não sabe para onde está indo o tempo agora, como saber se está mudando a coisa certa?”.


Ela sugere monitorar como você gasta todos os seus dias, das 5h às 16h30, durante uma semana inteira. Isso lhe dará uma visão mais holística do seu tempo do que apenas olhar para um dia aleatório.


Vanderkam faz com que seus clientes criem uma planilha com os dias da semana na parte superior e blocos de meia hora no lado esquerdo. “Muitas vezes, o tempo foge de nós. Muitas vezes não temos nenhuma recordação de blocos de 30 minutos”.


2. Pergunte-se o que você gostaria de passar mais tempo fazendo

Depois de controlar seu tempo, Vanderkam incentiva as pessoas a comemorarem o que estão fazendo certo em suas programações semanais, em vez de se culparem por perder tempo.


“A maioria das pessoas não são desastres completos e totais, então você deveria ficar feliz com quaisquer boas rotinas que tenha”, diz ela.


Pergunte a si mesmo o que você gostaria de passar mais tempo fazendo. Quanto mais tempo você gasta fazendo coisas que o entusiasmam, menos tempo você terá para fazer coisas estúpidas e que desperdiçam tempo, como verificar e-mails continuamente ou navegar em uma rede social.


3. Organize sua próxima semana nas sextas-feiras

Depois de ver onde você está gastando o tempo com sabedoria e onde pode reduzir seu desperdício, tente elaborar um cronograma realista que priorize as coisas que você fez melhor. Para isso, Vanderkam sugere agendar a semana seguinte na tarde de sexta-feira.


“Sexta-feira à tarde é quando você não está disposto a começar nada novo, mas pode estar disposto a pensar sobre o que deveria fazer no futuro”, diz ela. “Ao dedicar alguns minutos para planejar sua próxima semana, você pode transformar o que seria tempo perdido em algo muito mais produtivo”.


Além disso, ao contrário das noites de domingo, quando a maioria das pessoas planeja a semana, você pode marcar reuniões, entrar em contato com pessoas durante o horário de trabalho e pensar em como deseja passar o fim de semana.


4. Tenha uma hora de dormir

Vanderkam estudou milhares de registros de tempo e concluiu que a maioria das pessoas não dorme o suficiente e de forma consistente.


“É um sono desorganizado”, explica ela. “Ficamos acordados até tarde uma noite e depois dormimos cedo na noite seguinte, depois ficamos acordados até tarde e dormimos cedo – o ciclo se repete. É muito melhor dormir a mesma quantidade de sono que você precisa todas as noites”.


Sua solução: descubra a que horas você precisa acordar e quanto sono você precisa – geralmente sete horas. Em seguida, conte esse número de horas e essa será a sua hora de dormir. Ter horas de sono consistentes significa que você não dormirá em sua mesa no meio de um dia de trabalho.


5. Enfrente o trabalho mais difícil primeiro

As pessoas tendem a querer tirar as pequenas coisas do caminho antes de mergulharem nas atividades mais complicadas. Esta estratégia, no entanto, não é produtiva.


“Há muito trabalho fácil que temos que fazer que não exige muito esforço intelectual, mas é muito gratificante no sentido de que é feito facilmente”, explica Vanderkam. É bom riscar sua lista de tarefas, mas isso não significa que você está sendo produtivo.


Uma estratégia melhor, diz Vanderkam, é tirar do caminho as coisas mais desafiadoras e com mais consequências no início do dia. Dessa forma, quando você experimentar a inevitável queda de energia no meio da tarde, poderá usar esse tempo para obter “algumas vitórias fáceis”, como retornar e-mails.


6. Faça listas de tarefas menores

Muitas pessoas fazem uma lista de tarefas longa e abrangente que não conseguiriam realizar no decorrer de um dia – ou mesmo de uma semana. Vanderkam aconselha a torná-las mais curtas e viáveis.


“Considere isso um contrato com você mesmo”, diz ela. “Se você faz uma lista de tarefas diárias, isso significa que você se compromete a fazer tudo o que está nessa lista até o final do dia”.


Outra sugestão que ela dá é criar uma lista de “feitos” junto com sua lista de tarefas tradicional. De acordo com a especialista, refletir sobre conquistas diminui a fixação em emoções negativas associadas ao não cumprimento de seus objetivos iniciais e proporciona uma lista de realizações que pode ser encaminhada para gerentes ou chefes.


7. Agende algo que você está ansioso para fazer

Pesquisadores da Universidade de Oxford descobriram que os trabalhadores são 13% mais produtivos quando estão felizes. Vanderkam não está surpresa. Ela acredita que “o autocuidado definitivo é se interessar pela própria vida”. Como você pode esperar ser mais produtivo quando tudo em sua semana é sombrio?


Por esse motivo, Vanderkam diz: “Ao fazer seu planejamento para sexta-feira, certifique-se de ter algo na próxima semana pelo qual você realmente está ansioso”, seja um objetivo profissional ou pessoal.


(com Entrepreneur)


Anna Dulce

0 comentário

Comments


bottom of page