Estou à disposição do mercado de trabalho, e agora?


Lidar com a situação de desemprego não é uma tarefa fácil. Hoje você está trabalhando, amanhã pode não estar mais, é assim, tudo muito incerto, por isso você não pode ter uma postura reativa e sim proativa.


Planejamento é a etapa fundamental em qualquer coisa da qual nos propomos a fazer, só o planejar vai lhe possibilitar um caminho a ser trilhado. Por que tanta gente fica desesperada quando deixa seu emprego? A resposta é simples, falta de planejamento! É muito comum a pessoa empregada esquecer do mundo a sua volta e se fechar no seu trabalho atual, e não se movimentar.


Perdeu a posição no mercado, vem o desespero financeiro, pois, não fez uma poupança de emergência, não sabe como buscar trabalho, está totalmente desatualizado profissionalmente e sai panfletando currículo para toda vaga que aparece.


A questão é ser proativo, estar trabalhando? Esse é o melhor momento para se manter atualizado, fazer curso de aperfeiçoamento, ter um currículo estratégico atualizado, ser presente no Linkedin fortalecendo seu networking. Assim, se algo sair do trilho na empresa atual, você vai estar com uma presença ativa no mercado e preparado para buscar uma nova posição.

Não me planejei, estou à disposição do mercado, o que faço? Faça uma autoanálise de sua situação atual, corte todos os gastos possíveis, converse com seus familiares explique seu estado atual e convide eles para lhe ajudar a chegar no estado desejado. Buscar trabalho é um trabalho, por isso você precisa dedicar horas de seu dia para executar essa função. Se não sabe elaborar um currículo estratégico, peça ajuda de um profissional, faça o Linkedin trabalhar para você, escolha as empresas que deseja trabalhar e se movimente adquirindo todas as competências necessárias para ocupar uma posição nessa empresa.


Comunique a todos os amigos, conhecidos e familiares, que você busca uma nova oportunidade, faça com que essas pessoas passem a lembrar de você quando se deparar com alguma vaga. Não deixe de se preparar para as entrevistas e faça sempre do não uma mola propulsora para alcançar o sim.


A vida é feita de escolhas, e você tem capacidade de sobra para escolher se vai alcançar uma nova posição ou se vai ficar na lamentação.


Por Paulo Augustinho

Via Administradores.com

0 comentário