Empreendedorismo feminino: conheça 3 histórias de mulheres que se destacaram como empreendedoras



Dar o primeiro passo nem sempre é fácil. Para as mulheres então, o desafio de abrir o próprio negócio esbarra em uma série de obstáculos, como preconceito, a questão da dupla jornada e a falta de autoconfiança — a famosa “síndrome de impostora”, tão comum entre o público feminino.


Nesse contexto, a luta pela igualdade de gênero no mercado de trabalho é uma pauta relevante há décadas. Por isso, a presença de mulheres em cargos de liderança, assim como o empreendedorismo feminino, representa a oportunidade e a possibilidade de mudança de cenário no mundo dos negócios.


Para quem optou pelo caminho do empreendedorismo, histórias inspiradoras de mulheres que alcançaram o sucesso nesse meio podem ser o combustível para seguir em frente. Conheça, com a leitura deste artigo, exemplos de empreendedoras que se destacaram e são referência em nosso país.


A importância do empreendedorismo feminino


A construção e o estabelecimento de um negócio próprio são capazes de transformar a vida de muitas mulheres, seja por garantir a independência financeira, ou proporcionar realização profissional. Para muitas delas, essa tem sido a única opção de renda ou de oportunidade de desenvolvimento na carreira.


Não é de se espantar, portanto, que o número de empreendedoras no país tem crescido exponencialmente. Segundo dados divulgados pelo IBGE, em 2018 elas já representavam 34% dos donos de empresas no Brasil. E com a pandemia, o empreendedorismo feminino cresceu 40% em 2020.


Empreendedoras de sucesso no Brasil


Para servir de inspiração e dar ânimo àquelas que estão pensando em se jogar nessa empreitada, confira a seguir a história de grandes mulheres que alavancaram seus negócios e têm destaque em seus mercados.

Luiza Helena Trajano — Magazine Luiza Essa talvez seja a história de empreendedorismo feminino mais conhecida no cenário nacional. Luiza Helena Trajano, a gestora por trás de uma das maiores redes varejistas do país, a Magazine Luiza, é uma referência.

Luiza começou a trabalhar ainda bem jovem na pequena loja de seus tios e, após assumir a liderança da empresa, transformou o negócio e revolucionou o mercado com sua visão empreendedora.


A rede foi uma das pioneiras em e-commerce e tem hoje mais de 700 lojas espalhadas Brasil afora. Atualmente, Luiza faz parte do conselho de administração do Magalu e é conhecida por incentivar mulheres empreendedoras e promover ações que combatam a desigualdade, além de ter a preocupação de que a empresa gere um impacto social positivo no país.


Chieko Aoki — Rede Blue Tree Hotels

Um dos maiores nomes do setor hoteleiro brasileiro, Chieko Aoki é a responsável pela fundação da bandeira Blue Tree Hotels, em operação desde 1997. A rede administra mais de 20 hotéis no Brasil e sua fundadora é uma referência no segmento, conhecida como a dama da hotelaria brasileira.

Com formação em Direito pela USP (Universidade de São Paulo) e em Administração por instituições internacionais, Aoki trabalhou em diversos lugares no mundo e iniciou sua carreira no mercado hoteleiro em 1982, como Diretora de Marketing e Vendas do Caesar Park São Paulo. Posteriormente, se tornou presidente da Caesar Park Hotels & Resorts e da Westin Hotels & Resorts, até lançar a sua própria rede hoteleira no final dos anos 90. Zica Assis e Leila Velez — Instituto Beleza Natural No setor empreendedor, muitas vezes, um problema ou dificuldade pessoal pode ser a grande oportunidade de negócio. Isso é muito comum em trajetórias de empreendedorismo feminino e o caso de Zica Assis e Leila Velez comprova essa tendência. Na dificuldade de tratar os próprios cabelos crespos e cacheados devido à escassez de produtos específicos para esse tipo de cabelo no mercado, Zica e Leila — que na ocasião trabalhavam como empregada doméstica e atendente de lanchonete — desenvolveram a fórmula de um produto ideal para cuidar dos cachos. Com o apoio de mais dois sócios, abriram o primeiro salão e fundaram, em 1993, o Instituto Beleza Natural. O empreendimento, especializado no tratamento de cabelos crespos e cacheados com produtos próprios, hoje conta com mais de 40 unidades espalhadas pelo país, inclusive com uma filial em Nova York.

Conhece mais casos de sucesso no empreendedorismo feminino? Conte-me nos comentários! Bom trabalho e grande abraço. Por Rafael José Pôncio

Via Administradores.com



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo