Cooperativismo: profissão do futuro e do presente


Você já pensou em trabalhar em uma cooperativa? Sabia que existe atualmente no mercado uma alta demanda por profissionais especializados em cooperativismo? E o melhor é que não faltam cursos para quem quer se preparar para essa profissão do futuro. Thiago Freitas, formado em Cooperativismo pela Universidade de Viçosa e atual analista técnico e econômico do Sistema OCB, comenta: “O aluno tem possibilidades muito grandes de locais para trabalhar. A oferta de trabalho nos últimos anos cresceu de forma exponencial. A gente brinca que só não trabalha depois de formar quem não quer”. De fato, como existem instituições cooperativistas atuando em diversos ramos econômicos (financeiro, habitacional, educativo, agropecuário, de saúde, turístico, etc.), as oportunidades de emprego são bastante variadas. Além disso, quem se forma ou se especializa em cooperativismo, também pode atuar em unidades estaduais ou nacionais do Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e do Sescoop (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), prestar consultoria a cooperativas ou seguir a carreira acadêmica. De todo modo, o presidente da Ocemg, Ronaldo Scucato, alerta: “As sociedades cooperativas são empreendimentos com identidade própria e são bem diferentes das empresas mercantis. Nossa identidade está baseada em valores e traduzida em princípios propostos há mais de um século. Os profissionais que vivenciam esse DNA cooperativo, que têm formação superior na área, compreendem nossas especificidades e atuam de uma maneira muito mais destacada”. Quer conhecer alguns dos cursos em que você pode se preparar para a profissão do futuro e do presente? Acompanhe: Graduação em Cooperativismo - UFV Nível: Bacharelado Ensino presencial Duração: 4 anos e meio Público Minas Gerais foi o berço do primeiro curso superior em cooperativismo do Brasil. O projeto nasceu em 1970 como um curso técnico, mas desde 1991, a formação foi promovida a bacharelado. Geâne Ferreira, ex-aluna da graduação em Cooperativismo da UFV e atual gerente de Desenvolvimento Social do Sistema OCB, comenta que iniciou o curso pensando em pedir a transferência para Administração de Empresas, mas logo mudou de ideia: “O curso em cooperativismo traz uma preocupação com as pessoas e a organização coletiva. Tem toda a estrutura da Administração, mas com esse gostinho a mais, que é a preocupação com o ser humano”, explica. Gestão de Cooperativas - UCDB Nível: Graduação tecnológica Ensino a distância com avaliações presenciais Duração: 2 anos Particular Com menor duração e oferecendo a possibilidade de estudar online e realizar provas em diversas partes do país, a graduação em Gestão de Cooperativas da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) pode ser uma opção mais viável para muita gente que deseja seguir a profissão do futuro, o cooperativismo. Os alunos têm acesso a uma Comunidade Virtual de Aprendizagem que inclui videoaulas e diversos outros materiais multimídias, como estímulo ao aprendizado interativo. O sistema também permite a conexão com outros alunos, professores, tutores e auxiliares para acompanhamento acadêmico e administrativo. Gestão de Cooperativas - PUC-PR Nível: Mestrado profissional (stricto sensu) Ensino presencial Duração: 2 anos Particular Atualmente em sua quinta edição, o mestrado em Gestão de Cooperativas da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) foi criado em 2014, por iniciativa do Sescoop/PR. “Percebemos que o direcionamento era muito maior para assuntos técnicos de determinadas áreas, como agronegócio, gestão de projetos e de qualidade. Faltava capacitar gestores de cooperativas para trabalhar em um nível maior de governança”, recorda Maria Emília Pereira, gerente de Desenvolvimento Cooperativo do Sescoop/PR. Maria Emília ainda comenta: “O fato de você colocar pessoas discutindo questões estratégicas de cooperativas de diferentes realidades e ramos traz uma riqueza de contribuições para a sala de aula. O primeiro ganho é a oportunidade da troca em nível estratégico, porque o mestrado acaba elevando o nível de discussão dos alunos". Especialização em Cooperativismo - UFRGS Nível: Pós-graduação (latu sensu) Ensino a distância Duração: 18 meses Público O curso em Cooperativismo da UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – busca formar pós-graduados para atuar no desenvolvimento sustentável de atividades plenas e inovadoras na área de Gestão, especialmente para atuação profissional em cooperativas. Segundo o programa pedagógico, o egresso deverá ser capaz de atuar "na promoção e desenvolvimento sustentável do conhecimento, da cultura e do trabalho cooperativo, a fim de desenvolver a consciência coletiva na busca contínua da valorização dos ambientes sustentáveis e da solidariedade humana". Contudo, como a primeira edição do curso (2019/2020) ainda está em andamento, por enquanto, não há previsão de quando será aberto o próximo processo seletivo. ESCOOP - Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo Cursos de graduação e pós-graduação; pesquisa e extensão Ensino presencial Particular Fundada em 2011 por iniciativa do Sescoop-RS, a Escoop foi a primeira instituição de ensino superior do país voltada exclusivamente para o cooperativismo. Desde então, a Faculdade já formou mais de 100 tecnólogos em Gestão de Cooperativas – curso superior de graduação tecnológica com 2 anos e meio de duração. Ciente de que o cooperativismo é a profissão do futuro e do presente, a Escoop também oferece diversos cursos de pós-graduação (especializações e MBA), os quais, além da modalidade presencial regular, podem ser realizados sob demanda (levados a qualquer cidade), por intercooperação entre duas ou mais cooperativas ou até in company. A instituição ainda mantém diversos projetos de pesquisa, envolvendo professores e alunos, assim como projetos de extensão que permitem a participação da comunidade na vida acadêmica. I.COOP - Faculdade do Cooperativismo Cursos de graduação, pós-graduação e aperfeiçoamento profissional Cursos presenciais e online Particular Seguindo modelo semelhante ao da Escoop, o ICOOP oferece graduação tecnológica em Gestão Cooperativa (curso presencial de 2 anos e meio), além de cursos de pós-graduação, que podem ser realizados na sede da Faculdade (em Cuiabá - MT), in company (em cooperativas do estado) ou em unidades de parceiros nacionais e internacionais. Aliás, os módulos com presença internacional são um dos diferencias do ICOOP, que é parceiro, entre outros, da Universidad de Mondragón (Espanha) e da Université de Sherbrooke (Canadá). A instituição ainda oferece cursos customizados de educação executiva para organizações e cursos de curta duração para aperfeiçoamento profissional nas modalidades presencial e EaD (ensino a distância), além de realizar projetos interdisciplinares de pesquisa. Faculdade Unimed Cursos de graduação, pós-graduação, aperfeiçoamento e curta duração Cursos presenciais e online Particular Você sabia que a Unimed é um dos maiores sistemas cooperativistas de saúde do mundo? Reforçando o princípio cooperativista da Educação, formação e informação, o grupo também inclui a Faculdade Unimed, com sede em Belo Horizonte, MG. Além da graduação tecnológica em Gestão de Cooperativas (presencial, 2 anos e meio), na Faculdade Unimed também é possível cursar a graduação em Gestão Hospitalar, fazer pós-graduações (especializações e MBA) e cursos de aperfeiçoamento profissional (até 180 horas) ligados à área da saúde. Alguns dos programas de pós-graduação, inclusive, são disponibilizados, em modalidade presencial, em outras partes do país. E a instituição ainda oferece cursos presenciais de curta duração (até 100 horas) e cursos nas modalidade EaD relacionados aos mais diversos ramos cooperativos, assim como soluções educacionais customizadas para empresas. Por último, vale saber que, no total, existem hoje, no Brasil, ao menos 17 cursos de nível superior com foco no cooperativismo. E essas propostas de ensino devem continuar se multiplicando, assim como as oportunidades de trabalho na área, comprovando que o cooperativismo é a profissão do futuro. E ele começa agora.


Via O Seu Dinheiro Vale Mais