Como escolher a melhor rede social para meu negócio


As redes sociais corporativas podem mudar positivamente a forma como as marcas interagem com os consumidores. Isso ocorre porque a maioria das pessoas passa muito tempo lendo postagens, vendo fotos, assistindo a vídeos e, claro, fazendo compras.


As empresas afirmam que os principais benefícios das redes sociais são: promover a marca (77,4%), atrair audiência (63,2%), aumentar o tráfego do blog/site (50,3%), aumentar as vendas e o número de clientes (48,5%). (Social Media Trends, 2017)


No entanto, para ter bons resultados nas redes sociais, é preciso ter uma estratégia inteligente. Além disso, é preciso saber escolher o meio digital em que a empresa irá atuar. Afinal, todo negócio tem suas especificações e necessidades.


Confira algumas dicas de como escolher a melhor rede social para seu negócio:


LinkedIn:


O LinkedIn é a maior rede social corporativa do mundo. É indicado para quem busca leads mais qualificados, por isso é usado principalmente para facilitar conexões e ampliar redes entre profissionais e empresas. 81% das empresas B2B usam o LinkedIn para lançar novos produtos. (Social Pilot, 2016)


Nessa rede, 39% dos usuários pagam pelo LinkedIn por meio de uma conta premium (Social Pilot, 2016). O perfil funciona como uma espécie de curriculum, fornecendo informações sobre experiências e habilidades profissionais, mas também discutindo assuntos relacionados a determinados temas, lendo artigos publicados por pessoas de referência no ramo de atuação de sua empresa e tornando-se referência no mercado.


Facebook:


O Facebook ainda é uma rede social muito importante, principalmente no Brasil, onde ela ainda é a rede social mais utilizada pelos brasileiros.


É uma plataforma intuitiva e muito simples de gerenciar. No Facebook, você pode postar tudo, desde conteúdo escrito até fotos, vídeos e GIFs. As empresas têm que fazer uma página separada do perfil do usuário porque é possível "curtir" a página e acompanhar suas atualizações.


Lá, você pode segmentar postagens e campanhas para engajar seu público, aumentar curtidas na página, cliques no site, conversões, instalações de aplicativos, engajamento da campanha e muito mais.


YouTube:


Segundo dados do YouTube, é a maior plataforma de distribuição de vídeos tendo mais de 1 bilhão de usuários ativos, representando cerca de um terço dos usuários frequentes da Internet.


Os vídeos são uma ótima ferramenta para ajudar a vender seus produtos. Os clientes têm a oportunidade de ver o que querem comprar em ação e parecer que está em uma loja física. Portanto, vale a pena também, incluir vídeos nas descrições dos produtos em seu site.


Instagram:


O Instagram é um dos aplicativos que mais cresce nos últimos anos, ajudando a fortalecer a cultura selfie, e agora tem mais de 1.4 bilhões de usuários em todo o mundo, segundo um relatório do Facebook, dono do aplicativo.


Aqui está uma lista de recursos que o Instagram oferece às empresas, aprenda como usá-los:


• Stories: ótimo para criar promoções exclusivas, mostrar negócios diários, destacar informações importantes na parte superior do app e inserir links que convidam os usuários para o site;


• Direct: O espaço perfeito para tirar dúvidas, receber feedback e até mesmo implementar estratégias de marketing. Aqui, é muito importante responder em tempo hábil e adotar uma abordagem apropriada;


• Compras no Instagram: as contas comerciais podem cadastrar sua loja digital para que os usuários se aproximem dos produtos e demorem menos tempo para comprar;


• Explorar: é onde aparece o conteúdo de grande interesse para os usuários. Uma prática que ajuda a aparecer nessa aba do Instagram é sempre postar com segmentação geográfica e Hashtags.


• Hashtags: Hashtags são importantes para categorizar o conteúdo postado no Instagram. Um truque é criar um rótulo com o nome da própria marca, destacando algumas referências à cultura e valores da empresa;


Espero que de alguma forma, eu possa te ajudar a escolher melhor a rede social que você vai usar para sua empresa. Lembre-se que além das funções das redes sociais, também é importante conhecer o perfil do seu público-alvo e saber quais mídias sociais seus clientes costumam usar.


Por Henrique Ciuffa

Via Administradores.com

0 comentário