6 tendências de aprendizado corporativo para 2021


Para as empresas, 2020 foi um ano agitado, no mínimo. Tanto elas quanto os seus funcionários tiveram o seu dia a dia virado de cabeça para baixo devido à crise sanitária e econômica global – e precisaram se adaptar rapidamente às mudanças. A transição repentina para maneiras de trabalhar que não eram tão comuns assim antes, como o home office, exigiu horas de ajustes e treinamentos por parte dos profissionais.


Dessa forma, a necessidade de as empresas modernizarem o treinamento das suas equipes ficou em evidência. Então, como deve ser o aprendizado em 2021?


Para preparar profissionais de RH e com o objetivo de antecipar as habilidades necessárias para o futuro do trabalho, a Udemy, o maior marketplace de cursos online do mundo, acaba de lançar o relatório The 2021 Workplace Learning Trends.


O estudo foi feito com base no comportamento dos funcionários de milhares de negócios na sua plataforma de educação corporativa, a Udemy for Business, e numa pesquisa com mais de 500 profissionais ao redor do mundo. O resultado são seis tendências de aprendizado corporativo para o próximo ano. Veja a seguir:


1- Saúde mental e produtividade

Tanto a saúde mental quanto a produtividade de muitos profissionais foram afetadas pela pandemia. A demanda por habilidades relacionadas a esses dois temas cresceu muito neste ano e a previsão é que continue crescendo em 2021. Por exemplo, dentro do universo da saúde mental, o consumo de cursos sobre gestão da ansiedade por parte dos usuários da Udemy for Business cresceu 3.967% em 2020, em comparação com 2019. Já o consumo de cursos sobre gestão de tempo, uma competência relacionada à produtividade, cresceu 990% no mesmo período.


2- Colaboração à distância

Com as medidas de isolamento social, a comunicação e a troca de conhecimento entre os funcionários de uma mesma empresa sofreram grandes transformações. Para manter o contato com os colegas e aprimorar o espírito de equipe, foram necessários esforços extras. Em 2020, a demanda pela habilidade de comunicação corporativa cresceu 1.585% (em comparação com 2019), o que demonstra que funcionários de diversas áreas podem ter interesse no tema.



3- Gestão de dados

Data science não é mais apenas para os cientistas de dados. Profissionais de diversas áreas têm procurado aprender habilidades como business intelligence, análise de dados e visualização de dados na Udemy for Business. Por exemplo, o consumo de cursos sobre o programa Planilhas Google cresceu 858% em 2020, em comparação com 2019.


4- Automação na área de dados

Atualmente, técnicas de machine learning são capazes de fornecer insights e previsões que vão muito além da análise de dados básica. Mas, para isso, é preciso preparar enormes quantidades de dados – e as ferramentas de automação ajudam a acelerar esse preparo. Por isso, as habilidades de automação na área de dados são uma das tendências de aprendizado para 2021. Neste ano, a demanda por modelagem de dados, por exemplo, aumentou 466%, em comparação com 2019 – e isso deve continuar crescendo.


5- Papéis híbridos

Seguindo a metodologia ágil, muitos profissionais de tecnologia já não se atêm apenas a uma especialidade. Pelo contrário, os papéis híbridos têm se tornado a norma, sendo incentivados por muitos gestores. Nesse sentido, por exemplo, em 2020, o consumo de cursos sobre a plataforma Google Cloud cresceu 1.189% na indústria manufatureira, em comparação com o ano anterior.


6- Segurança cibernética

Com a ampla adoção do home office, a proteção de dados se tornou uma grande questão para as equipes de TI. Como os funcionários não estão mais usando as redes seguras das suas empresas, eles acabaram lidando com um aumento no número de ataques cibernéticos. Por isso, por exemplo, o consumo de cursos de ethical hacking no setor de mídia cresceu 5.598% neste ano, em comparação com 2019.


Apesar da turbulência de 2020, as empresas têm a oportunidade de se desenvolver e se reinventar no próximo ano. Flexibilidade, aprimoramento das habilidades dos funcionários e fortalecimento da capacidade de aprendizado dos mesmos são boas metas para começar o ano com o pé direito.


Por Camilla Ginesi

Via Administradores.com

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo