top of page

6 táticas para aumentar sua resistência ao burnout


Ao longo dos anos, como profissional de negócios e consultor, Martin Zwilling testemunhou exemplos infelizes de esgotamento físico e emocional que limitaram carreiras e o sucesso de colegas e líderes executivos. Alguns, no entanto, pareceram prosperar em papéis estressantes ou mesmo em trabalhos comuns, sugerindo uma resistência ou imunidade ao burnout.


“Sempre lutei para entender o que pode colocá-lo em uma categoria ou outra, ou o que você pode fazer para evitar o estresse insalubre ou o burnout em qualquer função. Minha pesquisa nessa área indica que isso se relaciona com sua inteligência emocional, que inclui sua capacidade de perceber claramente e gerenciar produtivamente suas emoções, pensamentos e comportamentos em relação aos que estão ao seu redor”, escreveu o especialista em artigo publicado pela Inc..


Aqui estão, segundo Zwilling, seis recomendações de de Kandi Wiens, pesquisadora sênior na Universidade da Pensilvânia e coach executiva que se concentra em ajudar líderes a amplificar seu impacto positivo e se proteger do burnout, para todos os profissionais de negócios evitarem o burnout:


1. Comunique e mantenha limites de horário de trabalho

Deixe claro para colegas, gerência e para você mesmo quais horas do dia e da noite você estará disponível para atividades relacionadas ao trabalho. Isso inclui responder e-mails, mensagens de texto e chamadas telefônicas, bem como participar de reuniões. Pratique e imponha essa disciplina.


2. Imponha limites aos seus esforços e energia

Demasiado de qualquer coisa, mesmo algo pelo qual você é realmente entusiasta, eventualmente terá consequências negativas. Estabeleça rotas de fuga e limites para si mesmo, como um regime regular de exercícios ou um período diário de “não perturbe” no trabalho. Peça a um amigo para ajudá-lo a manter-se responsável.


3. Evite e libere compromissos de trabalho não essenciais

Revise todos os seus compromissos de trabalho diariamente e analise-os em termos de prioridade e necessidade. Marque os necessários, delegue outros que você puder e elimine itens que não são mais essenciais. Certifique-se de comunicar suas mudanças aos colegas e líderes organizacionais necessários.


4. Procure recarregar e rejuvenescer fora do trabalho

Além de pausas regulares no trabalho, eliminar o burnout requer práticas restaurativas que geralmente ocorrem completamente fora dos limites do trabalho. Procure coisas que você goste, pois elas podem lhe dar energia e satisfação, e ajudá-lo a manter um equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal.


5. Amplie seu senso de identidade além do escritório

Procure papéis ativos na sua indústria, comunidade ou família extensa, e nunca permita que você seja completamente definido pelo seu papel no escritório. Celebre suas contribuições e reconhecimento em todos os papéis, para construir sua autoconfiança e satisfação pessoal em tantas dimensões quanto possível.


6. Aceite a necessidade de prioridades de carreira em evolução

Ao longo de uma vida profissional que provavelmente se estenderá por décadas, reconheça que você verá muitas motivações diferentes. Às vezes, seu foco estará no desenvolvimento de habilidades, avanço e equilíbrio familiar, enquanto em outros períodos será orientado por missões ou transações. Não tente fazer muitas coisas ao mesmo tempo.


Por Ramon Santillana

0 comentário

Comments


bottom of page